Número total de visualizações de página

quinta-feira, 23 de março de 2017

A porta se abriu

A porta se abriu

E a porta do mundo se abriu e entrou a saudade
E ao longe
Ao longe da vida
O mundo sumiu
E a porta do mundo e as mãos
Se uniram de verdade
E a porta aberta rangeu
Lembrando a mocidade

De olhos fechados e em amor
Os olhos me deixaram perder
De olhos abertos e na luz de uma flor
Teus olhos me deixaram entender

E esses teus olhos do mundo
São hoje o ar que respiro
São teus e são meus no mais belo e profundo
Em tudo que admiro

E ao longe
Ao longe o mundo também deu a mão
Fizeram amor com as rosas
Como se fossem voar no jardim do meu chão
E de olhos fechados em louvor
Se pediu compreensão
Que de olhos abertos o mundo
Me trouxesse o outro coração

E a porta do mundo se abriu e entrou a saudade
E ao longe
Ao longe da vida
O amor foi verdade

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.