Número total de visualizações de página

sábado, 17 de dezembro de 2016

A VIDA

A vida

Homenagem ao pensamento, ao meu pensamento, quando penso ou penso quando me deixam pensar, ou penso mesmo quando não me deixam nos pensamentos que penso!
Pinto por vezes sem ter tinta, digo verdades que por vezes me parecem mentiras, ou penso mentiras que me parecem verdades, na tinta que utilizo no pensar, em godés de tinta diluída nos meus pensamentos coloridos ou sem cor!
Homenagem ao tempo em que penso e penso que é sempre!
O sono me adormece e sonho, ou sonho quando adormeço com pensamentos perfeitos e impossíveis de acreditar, ou sonhos que me fazem acreditar, que um dia algures foi assim no meu pensar!
A mulher está na perfeição, por isso me fizeram homem e penso que a razão nasceu comigo, ou comigo a perfeição me fez homem para pensar na mulher!
O ar, o vento, a chuva, o sol, a noite, o dia, a terra, o céu… Tantas são as maravilhas que me levam a sonhar e a pensar… Pensamentos ou realidades do meu respirar, do frio, da água, do calor, das estrelas, da simplicidade, dos animais e um Deus por aí, por aqui, que me faz pensar, ou homenageia-me com este acordar diário!
Homenagem à busca, à procura, à luta, ao olhar, tantos são os medos e as razões que me levam a pensar, tantas são as ilusões e desilusões, que penso somente em ser, em ter, em sentir, em amar, ou no amar sinto que tenho um ser que somente se ilude e pensa na vida!
Homenagem ao sorriso que sara, recordo-me dos amigos que gostam de mim, recordo-me das crianças que brincam, ou então brinco com as crianças e com os amigos que me vêm sorrir!
Hoje homenageio a vida, sabendo que o pensamento está além do que imaginamos pensar, a vida é repleta de coisas boas e isso eu carrego dentro de mim, ou dentro de mim existem coisas boas, que não querem pensar no mal… E vivo assim… A pensar feliz!


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.