Número total de visualizações de página

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Quando eu canto!

Quando eu canto!

Uma vez mais a linha da vida me leva a cantar! No meu silêncio eu sei cantar!
Uma vez mais eu canto! Genuinamente sinto os meus lábios em palavras sonoras, em que a canção eleva os que me escutam, o meu silêncio sabe quem são!
Desde o berço que sei cantar em silêncio e sempre que fecho os olhos nasce mais uma canção!
É vocação que tenho dentro do meu consciente, é sensibilidade no meu lado esquerdo do peito! É técnica abstrata, em que só consigo definir o amor em cada sílaba que canto, quando abro o coração, os olhos e sinto a realidade! Eu sei cantar em silêncio!
Em silêncio afasto-me da terra e consigo voar, pois sou possuidor de um mundo só meu e dos outros que não sabem cantar em silêncio!
Canto facilmente nas areias do mar, canto poeticamente e honradamente o que sou!
Sou aquele que sabe cantar em silêncio, naquele silêncio que me grita aos ouvidos e me acorda para um mundo sem canções!
É vasto o mundo que me rodeia o pensamento, é crepitação constante em cada nota musical, é melodiosa a verdade deste meu coração, é pura a canção que dentro de mim, sai para vós… Em silêncio gritante!
Eu sei cantar para todos… Sozinho em silêncio!


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.