Número total de visualizações de página

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Sons de amor

Sons de amor

O som que me chega
é a voz que quero sentir,
o vento a uivar,
o mar a cantar
e o amor a sorrir.

… O som que me chega
É a luz e a voz de um anjo,
flores de um jardim
que quero sentir dentro de mim.

… São vozes de bem falar,
sons a degustar,
suspensos num céu de estrelas
… Sons de ondas perfumadas,
sons de ondas desmaiadas
 por sentirem que eu lá estou

… São sons de mil fadas,
de luas em noites enfeitiçadas
em magia se a ti eu vou

… E o som dos dias,
 de um sol a queimar,
é o amor de mais ninguém…
Somente o som do gostar,
d’um amor simples a delirar,
por ser meu e teu também.

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.