Número total de visualizações de página

domingo, 26 de junho de 2016

aquela menina

aquela menina

tenho ciúme de a saber quase de cor, cada milímetro imagino, cada vontade de pele…
eu quase sei…
eu quase sei a medida no mais profundo do feminino…
tenho ciúme…
tenho-a na palavra… e nada mais!
pela primeira vez… sei-a quase de cor, sem a saber em todo o resto!
tenho ciúme do que ainda não sei… mas sei-a quase de cor…
ela é mulher!



José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.