Número total de visualizações de página

quinta-feira, 19 de março de 2015

Meu pai

Meu pai


Folha de papel… Meu pai!
Papel firme… Como pai!
Papel de Homem… Meu pai!
Folha leve e carinhosa… Pai!
Folha singela de cor do amor… Meu pai

Meu pai é papel de orgulho, para mim
Meu pai é a vontade do que aprendi
Meu pai é sina até ao fim
Meu pai é a razão do que sou e escrevi

Folha de papel… Meu pai!
Papel de fé, vestido de perfume
Papel de carinho aos olhos de um pai
Folha verde, como a esperança de ser pai
Folha de papel, vestida de letras sem queixume

Meu pai é papel, no papel de homem que é
Meu pai é vontade, na felicidade que o filho herdou
Meu pai é sina desta mão, vestida de fé
Obrigado meu pai, por seres e pelo que sou

Sou como tu, em mim alegria
És como eu, em ti poesia

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.