Número total de visualizações de página

domingo, 9 de novembro de 2014

Vá lá...

Vá lá…

Vá lá…
Erguei este meu sorriso e dai-me de vós
Vá lá…
Sejas com pressa a vontade deste meu pedir
Desejai comigo a queda dessa camisa
e tudo sem nada
Vá lá…
Sejas a luxuria deste meu sentir,
sem as tuas mãos a impedir
Desejai comigo a nudez do umbigo
e que sejas a minha fada
Vá lá…
Falo para vós, para mim contigo… Sós

Desejai sentir a minha voz dizer – Amor
Desejai sorrir pelo meu corpo – Calor
Desejai comigo sentir a doçura – Fervor
E na nudez dos nossos olhos,
deseja comigo a união da nossa cor

Vá lá…
Tudo farei,
tudo farás num desejo perfeito
Beijai-me e calai-vos agora!
… Céus! Sente a melodia, estamos a meio da refeição
Tendes razão!
Vá lá…
Esse que beijas é o meu coração
Desejai sentir no pulsar do teu ventre, a minha mão
Vá lá… Amor

José Alberto Sá


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.