Número total de visualizações de página

terça-feira, 25 de março de 2014

Morro por ti

Morro por ti

Já teria morrido, pela falta do teu amor
Sempre dizes que vens… Mas só dizes quando te peço
Estou exausto pelos meus pedidos
Contudo… Arrasto-me pelo deserto deste calor
E um dia te darei a mão  
… Preciso que me salves

Salva-me e serás comigo a imensidão,
serás um oceano.

Um oceano é sempre um oceano...
Não basta falar dele... Olhá-lo é do mais belo...
Olho-te e me questiono...
Porque não vens para me sentir...
Molhar-me de prazer... Vem…

Vem e serás comigo a união de mares

Mares de prazer
Vem para que te possa ter, no meu imenso amor
Te darei nas ondas uma flor...
Somente por te sentir em meu coração
Poder olhar e dizer-te... És de verdade!
Divina como te sonho... Única

Tão única que te quero minha.

Arrepias-me... Falo de ti... Te sinto...
Olho meu lado esquerdo e imagino o teu sorrir...
Digo olá... Agora...
Pensei te ver a meu lado...
Mas somente a luz do meu candeeiro...
Ou talvez o teu brilho... Sei lá

Sei lá porque te sinto assim,
temperaturas que me alteram…
Já teria morrido pela falta do teu amor
Se não fosse a minha vontade
O amor que não me deixa morrer
Sonhando contigo em liberdade

Já teria morrido…

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.