Número total de visualizações de página

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Assim namoro

Assim namoro

Não tenho medo
Que faças amor comigo,
em toda a parte
Não tenho medo
Quando o amor se namora
Quando o toque é arte

Quando…
É sedução
É madrugada
Numa tarde de sensação
Noites em serão
Sem medo da pele usada
Pela noite estrelada
Quando o amor és tu
Corpo sem medo
… Nu

Não tenho medo
Se o mistério é a ilusão
Não tenho medo
Se o corpo em qualquer lado
Se torna tresloucado
Pela vontade… É o vulcão

Não tenho medo da febre
Do calor ansioso
Lava que derrete o teimoso
Somente, por não ter medo
De namorar, se apaixonado

Não tenho medo
Que faças amor comigo
Em qualquer lado
Que faças amor comigo,
até que me farte
Sem medo de ser beijado
Em toda a parte

Pois é em toda a parte, que eu namoro
Contigo presente, sempre presente
Num corpo que sente
A vontade de ti… Em cada poro

Assim namoro


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.