Número total de visualizações de página

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Amo o perfume

Amo o perfume

Eu sinto as flores
Flores do meu campo
São o maior encanto,
flores do meu jardim
Acordam ao sol e dormem com a lua
Eu amo o cheiro
Se vestida ou nua
A flor que me diz sim

Sinto o perfume que me dilacera

Eu sinto o amor, na mais bela flor
E é tudo que quero,
será tudo para mim
Amo a mais vistosa
Seja cravo ou seja rosa
Que seja ela a mais querida
Seja papoila ou margarida

Sinto o perfume que me dilacera

Eu amo as flores
Como amo poesia
Eu sinto o perfume de todas as cores
Como se fossem flores
À noite se dormem, se acordam à luz do dia

Sinto o perfume que me dilacera

Sinto-as sempre no meu peito
Seja açucena, ou seja Gerbera
Seja amor-perfeito
No meu jardim,
todas são primavera


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.