Número total de visualizações de página

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Escolhi estas duas

Escolhi estas duas

Duas palavras incendeiam o meu coração… Luz e amor
Duas…
Poderia dizer imensas palavras, uma de cada cor
Mas são estas duas… Simples e nuas
Nuas porque são puras, são únicas, são a imensidão

Coloco nelas o meu caminho… As pedras que conheço
Duas…
Poderia lavrar todo um campo de palavras, encher o mar
Encher o céu… Encher a terra com meu endereço
Luz e amor… Encher o olhar e encher as ruas

Choro comovido, quando as palavras luz e amor… Sofrem vontades
Duas…
Duas vontades para que o mundo seja feliz… Duas simplicidades
Coloco nelas a minha mão… Sem pactuar com atrocidades
Mentes sem razão, seres sem coração… Criaturas cruas

E são somente duas… Duas palavras imensas
Luz e amor
Tão fácil não chorar… Que choro sem saber o que pensas
Se pensas na felicidade… Ou pensas na dor
Duas… São duas as minhas escolhidas e as tuas?

Também são estas duas?


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.