Número total de visualizações de página

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Sonho real

Sonho real

Eu disse-te, que hoje seria para ti… Já não aguento
Já me apertava o coração… Não sentia o meu pulsar
Que bom sentir que meu olhar, ainda te tem… No azul ciumento
Que belo ouvir a voz que me falou e me levou a sonhar

… Única

Eu disse-te que eras única e hoje… Matei as saudades do mar
Teu sorriso… Meu Deus! Teu sorriso… Tua boca rasgada
Soltou-me a vontade de te ir buscar
E te levar pelo caminho que sempre me negou a morada

… Pura

Eu disse-te que eras pura… Ligaste-me… Esperei… Obrigado!
Senti a minha bebé novamente… Linda e pura… Docemente
Tanto para dizer que esquecia-mos as palavras… 
Ecos sem voz de um apaixonado
Bela partilha de carinho… Falamos de poesia… Completamente

… Musa

Eu disse-te que eras a musa que te queria de volta…
Um café ou um jantar
Não aguento as horas que passam sem te olhar
Eu disse-te que não te iria esquecer… Tu também não
E hoje fomos felizes juntos… tão juntos que senti tua mão

… Bebé

Eu disse-te tantas vezes bebé e hoje… Dissemos a ambos… Foi imotivo
Soltas-te uma lágrima… Que limpei
Sinto-me com vontade de voar… Ainda comovido
Eu disse-te e tu disseste… Que bom… E foi tão querido
Eu amei…


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.