Número total de visualizações de página

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Cópias

Cópias

Copiei o céu, com o azul do meu olhar
Copiei a terra, com os passos do meu caminhar
Copiei o mar
Copiei o deserto
E quando me senti mais perto
Com um coração de amar, eu soube copiar

Copiar o sorriso, com os lábios do meu respirar
Copiar o amor, com o coração a pulsar
Copiar o beijo
Copiar o abraço
E quando te quero, quero tudo que faço
Nesse corpo teu, que copiei no desejo

Copio a beleza, com dedos que te acariciam
Copio a candura, com estes versos que escrevo
Copio a musa
Copio a diva
E quando me as vozes me diziam
Que copiar era amor, a ti o devo

Cópias nuas sem blusa
Cópias tuas, menina altiva
Textura branca que de mim abusa
Quando por cima de ti… A cópia é criativa


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.