Número total de visualizações de página

domingo, 19 de maio de 2013

até amanhã


Boa noite

Não é o cinzento do nevoeiro,
que me faz escurecer o amor
Não são as gaivotas de um mar revolto,
que me fazem sonhar
São as flores de amanhã,
que ao nascer do sol me levam calor
São as ondas do mar,
que nas areias ao desmaiar,
me levam a acordar
Para viver, trabalhar e amar

José Alberto Sá

Beijinhos/abraços

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.