Número total de visualizações de página

domingo, 28 de abril de 2013

Olá Lua...


Olá lua...

Bom dia...
Bastava um bom dia
Para me erguer de pé
Bastava um olá para minha alegria
E eu sentiria
Nos ponteiros da vida,
alguma fé

Silenciaram-se as auroras boreais
As andorinhas,
essas nem me viram
Nem elas se lembraram de mim
Mas bastava um olá,
nada mais
E as cores das auroras se despiam
E coloriam o meu jardim

Veio a noite iluminada
E agora que a ela chegou.
quis ver a lua
Estava linda como sempre
Sempre a senti apaixonada
E nua,
olhos nos olhos,
o tempo connosco ficou
Agora que a noite chegou,
sou nada
E o que não tenho,
a lua levou

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.