Número total de visualizações de página

sexta-feira, 15 de março de 2013

Sim sou...


Sim sou…

Sou um louco
Sim sou… Mas isso é tão pouco
Loucas são as lágrimas que se notam
e brotam pelo verde do meu olhar
Já te disse tanto
e o tanto que te disse,
foi uma gota
Mais uma lágrima do meu pensar
Uma palavra para ti… Menina marota
Tu… Que me dizes ser o mar
Não sabes o vazio que me agonia
Nem o cheio sentir do meu coração
Um vazio dia após dia
Um cheio olhar de lágrimas… A emoção
Sou um louco
Sim sou… Aquele que te ama
Achas isso pouco?
Então sente como sente o chão
Que recebe as lágrimas que um louco derrama
Sou um louco
Sim sou… Porque louco é meu coração
E hoje escrevo louco por ti… Estou aqui
Tu sabes quem és…
Um olhar que senti
Um corpo a meus pés
E agora digo contigo…
Sou um louco, por um olhar que me seduz
Um louco amigo
Que nas lágrimas, me solto na tua luz
Sente amor, sente a minha loucura
Eu sinto o teu perfume, o teu calor
E se sou um louco na tua procura
É porque sou um louco por ti…  
Meu amor


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.