Número total de visualizações de página

quarta-feira, 6 de março de 2013

Horas do meu coração


Horas do meu coração

Deram as dez horas
Estava ansioso por te ouvir
Desejava-te sem demoras
Queria sentir
O tempo avançava
Dez e um
E um coração que amava
Pum… Pum… Pum
Precisava de ti
Dez e dois
As horas corriam por ali
Pois…
Era a ansiedade outra vez
Dez e três
Dez e quatro… Dez e cinco…
Dez e seis…
O tempo contava sem afinco
Sem leis
Dez e Sete…
Meu coração acelerava
Pum… Pum… tudo se repete
Eu esperava
Dez e oito e já tremia
Dez e nove
Eu tanto queria…
Queria ouvir a voz que me comove
Dez e dez
E eu senti que devia esperar
Tentarias mais tarde… Outra vez
Esperei ansioso por te amar
No contar do nosso tempo
Conto contigo a qualquer momento
Porque te quero
Dez e… Eu espero

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.