Número total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de março de 2013

A ti


A ti

Mulher…
Não vou falar muito de ti
Tenho medo de errar
Não pelo que vi
Mas pela beleza do teu olhar
Não posso dizer o que sinto
Tenho medo de não saber
Não porque minto
Mas pela voz do apetecer
Mulher…
És tudo que imagino… Perfeição
Olha para mim!
Tremo com receio de te ferir
És o jardim
Na mais bela flor, o teu sorrir
Mãe…
Não vou falar,
porque as palavras serão poucas
Tu és do tamanho do mar
Mais radiosa que o sol
Mais pura que o céu
Mais colorida que o girassol
És melodia no teu encantar
Menina do meu sonho
Escrevo ao coração da vossa leitura
Só o amor por ti é tudo que disponho
Mulher… Minha candura

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.