Número total de visualizações de página

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Espero ver-te novamente


Espero ver-te novamente

Nunca te toquei e desejo-te
Nunca te ouvi e ouço o teu chamar
Não te vejo e sempre te sinto
Agora imagino… E beijo-te
Agora imagino… E quero-te abraçar
Agora imagino… És o quadro que eu pinto
Deixa-me desabafar aqui…
Apetece-me dizer: Nós fazemos…
Até o meu coração tem apetites
Ele se encanta, porque ama quando queremos
Quando me apetece dizer: Que acredites
Deixa-me desabafar aqui…
Tu és mulher, a minha actriz
Eu sou o homem que te quer amar
E reforço aqui em palavras… Sempre te quis
Nunca te toquei e apetece-me te ir buscar
Deixa-me desabafar aqui…
Hoje pergunto se tens um lugar para mim
Leio e releio os teus poemas
E fico maravilhado com o teu jeito
Hoje pergunto se sempre foste assim
É que não te vejo e sinto-te leve como penas
Agora imagino…
Serás a única a dormir em meu peito
Quando te vi… Senti,
a mesma sensação de quando te li
Sensação de pureza
Que és mulher… Linda… Isso não descobri
Hoje digo: Amo-te… A minha certeza

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.