Número total de visualizações de página

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

A mais bela história


A mais bela história

Entrei no evento
Olhares, sorrisos, conversa
O cheiro a café
Um aromático cheiro perdido no tempo
Iria tomar um, promessa
Continuando de pé

Apertos de mão, abraços e beijos
Tirei o casaco estava calor
Olhei em volta, tantos desejos
Um livro, mar, sonho e amor

Apresentei
Sonhei comovido
Ao lado radiante o escritor
Amei
Dever comprido
Recebido em gratidão o meu louvor

Palmas de agradecimento
Fui tomar o meu café
Autógrafos em actividade
Existia nas vendas muita fé
Na fim da fila, uma linda menina,
beldade

Sorriu com lábios de mel
A sua timidez era impar, fez-me sonhar
Olhos que escrevi em papel
Que levei, amei e em mim quis tatuar

No fim ficou a sensação de vazio
Não nos tocamos
Não nos falamos
Nem um pio
Não a consigo esquecer
Somente desabafar em poesia
O evento do renascer
O amor que me inundou nesse dia


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.