Número total de visualizações de página

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Azul


Azul

Que lindo é o azul que define o mar
A cor melodia de um olhar
O teu… Só teu, esse meu sonho
Sonho de luz, que me faz delirar
Construir o castelo na areia de cor brilhante
A cor que imagino vestido em teu corpo
Transparência numa rede ondular
Onde imagino um corpo diamante

Vejo-te na torre e respiro
Aromas do meu amar
Linda e elegante
Num o traço abstracto do meu olhar
Onde tu és o horizonte que existe
A estrela com que se sonha
És o colorido que em mim resiste
És a menina, que me faz crescer
Leio todas as cifras do teu expressar
E inquieto-me com teu olhar
Deixa-me subir á torre e te conhecer
Princesa da íris que me iluminou
Deixa-me… Eu vou…

Tu és o silêncio que reside em mim
Escrevo o que a voz queria dizer
Não sei porque me perdi no teu jardim
Ou se tinha mesmo que acontecer
Sente… Os meus dedos a teclar
Uma forma sincera de te chamar
E te transportar no azul do meu mar
Teu olhar…

Doce sorriso feminino… O teu
Que teima em me prender
E me faz sentir pequenino
Na grandeza do teu ser
É o azul que te abraça
O azul de um amar… O meu
Apaixonado pelas ondas de luz
O teu olhar, a minha graça

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.