Número total de visualizações de página

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Quase verdade...


Quase verdade…

Quase que não entendia
Quase não lembrava a cor da lua
Quase…
Quase sentia que o mar me fugia
Ao ver a luz quase nua
Quase…
Quase bebia água sem fonte
Ao ver o sol fugir no horizonte
Fugia para além do mar
Quase não entendia
Quase dava para recordar
A imagem de outro dia
Quase…
Quase pensei ser mentira
Mas na verdade acontecia
Quase…
Quase a minha ira
Um relógio sem tempo, que não corria
Quase…
Quase senti a verdade
Vivi a mentira,
hipocrisia
Alguém que era sem ser
Quase existia…
Mas quase… Quase é a sua vontade de viver
Hoje me sinto livre
Hoje me sinto capaz
Quase comigo a mentira tive
Ainda bem
Que sem…
Tenho paz

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.