Número total de visualizações de página

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Falei-te de amor


Falei-te de amor

Falei-te de amor
A verde esperança estava no meu olhar
A luz que via estava na tua cor
No teu sorriso carmim
Lábios de anjo, pétalas de uma flor
Eras tu no meu jardim
Falei-te de amor
A tua resposta foi a mais pura delicadeza
Palavras doces e sem pudor
Um banquete de perfume,
na minha mesa
Olhos brilhantes, nenhum queixume
E eu falei, palavras de amor
Olhamo-nos olhos nos olhos
Eu vi como estavas bela
Camisola de folhos
e um decote refletido na janela
Falei-te de amor
Falaste-me de um tempo desejado
Demos as mãos, quis sentir teu calor
A tua resposta saiu num tom educado
Meu amor!
Naquele momento...
Senti tudo que amava sentir
Falei tudo que desejava falar
Tu, falaste-me de um tempo a sorrir
Eu falei de um tempo de amar
Falei-te de amor
E tu, com o mais brilhante sorriso,
disseste te adoro meu querido
Eu respondi que te quero, linda princesa
Ambos pedimos um desejo
Num tempo que virá com certeza
De amor, paz, luz na nossa união
E ao dar aquele beijo!
Assumimos a nossa paixão
Quando te falei de amor

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.