Número total de visualizações de página

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Só quero cantar


Só quero cantar

Só quero cantar
Soltar a voz para te dizer
Que não sou eu o dono do mar
Não sou o dono da terra
Não sou o amanhecer
Só quero cantar
Soltar a voz que em mim berra
Gritar por dentro
Amarras da minha canção
Vontade que já não aguento
Lágrimas do meu coração
Só quero cantar
Dizer em melodia
Que não sou o dono das aves
Não sou o dono do ar
Não sou a liberdade, não tenho as chaves
Sou a vontade de te chamar
Voz bloqueada
Voz apertada pela agonia
Só quero cantar à minha amada
Cantar pela noite,
cantar todo dia
Dizer ao tempo para me ouvir
Dizer que em vontade, sou o cantor
Só quero cantar
Silêncio da minha voz, que não saiu
Já não sou o dono do meu sorrir
Só quero cantar e falar de amor
Numa canção que ninguém ouviu
Só quero cantar
Pena nem isso saber fazer
Cordas irritadas por não cantar o que vivi
Só quero cantar antes de enlouquecer
Uma canção para ti

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.