Número total de visualizações de página

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

O meu baldezinho


O meu baldezinho


Com meu baldezinho
Levei água salgada
Um pouquinho do meu mar
e mais nada
A areia solta de cor caramelo
Queria também ela uma gota,
do meu mar
Queria ser um castelo
Com uma torre e uma janela
Uma menina marota
E que eu... Olha-se para ela
Gota a gota construí
Pedra sobre pedra
O mar que senti
Como na onda que se quebra
Fiz um castelo de amor
Uma torre virada para o mar
Fiz muralhas só de uma cor
Uma menina para me namorar
Com o meu baldezinho
Levei o mar à minha construção
Levei comigo o seu cheirinho
A maresia no coração
Mas o mar roubou o meu castelo
Uma onda o veio roubar
Ficou a menina, com o príncipe mais belo
Dono do baldezinho da água do mar


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.