Número total de visualizações de página

sábado, 11 de agosto de 2012

Ser feliz...


Ser feliz...

Ser feliz...
O acordar já me realiza
Abrir a janela
Olhar para fora
Sentir o ar que aromatiza
Imaginar voar com ela
Amar a toda a hora
Ser feliz...
Sentir o sol pela manhã
Sentir a lua ao anoitecer
Sentir o pecado da maçã
A cada segundo,
a cada apetecer
Pecar na seiva da fruta
Olhar a mescla da vontade
Sentir o escuro da gruta
Sentir a luz da felicidade
Ser feliz...
Poder caminhar de mão dada
Sentir e ouvir a voz de mulher
Ser feliz...
Não custa nada
Venha de onde vier
Um par, um amigo, uma amiga
Amizade é igual à felicidade
Eu que o diga
Ser feliz... É ser verdade

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.