Número total de visualizações de página

terça-feira, 24 de julho de 2012

Infinito amor


Infinito amor

Porque dizem que amam
Se não sabem o significado
Porque dizem que adoram
Se não sabem o outro lado
Porque dizem que desejam
Se os seus olhos trovejam
Amar… É amor e nada mais
Adorar… É para além dos céu dos parais
Desejar… É querer, ser forte
Amar até á morte
Porque dizem tais aberrações
Se não dão valor aos corações
Porque gritam amor
Se não agradecem o louvor
Dar a mão é amar
Abraçar é adorar
Beijar é desejar
Então…
Porquê hoje… Amanhã não
Amor… É algo que nem todos conseguem
Adorar… É algo que nem todos perseguem
Desejar… É algo que todos pedem
Mas…
Existe sempre um mas no amor
Uma dor
Então… Não digas ao desbarato
Palavras com este valor
Não sou eu que agradeço,
a vossa semente
É o mundo que fica grato
Pois a vida é de quem sabe amar
… Para sempre

José Alberto Sá

2 comentários:

  1. Maravilhoso poema meu amigo Poeta José Sá..Beijar é desejar
    Então…
    Porquê hoje… Amanhã não
    Amor… É algo que nem todos conseguem
    Adorar… É algo que nem todos perseguem
    Desejar… É algo que todos pedem...pedem e não consegue não simplesmente desejar e sim realizar..seus poemas me fazem viajar em sonhos de um desejar de amor contante sempre m busca do amor e sei que um dia irei encontrar dentro do meu coração existe o amor em forma de um botão de flor esperando o momento de um dia desabrochar Pois a vida é de quem sabe amar
    … Para sempre e ei d sempre esperar..Parabéns meu amigo por mais essa maravilha...beijos

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.