Número total de visualizações de página

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Amigos


Amigos

Chamo pela amizade
Quantas vezes prenunciamos… Olá amigo
Nem medimos o valor
Não medimos a verdade
Não acrescentamos abrigo
Não olhamos ao amor
Simplesmente dizemos… Olá quero-te
Simplesmente dizemos… Olá espero-te
Ou… Quero ser teu
Mas eu…
Sou o pedido para que sejas meu
Meu amigo…
Por vezes… Não olhamos as palavras
Não olhamos o sentido
Os amigos são corações onde lavras
São o achado e não o perdido
Quando peço amizade
Peço amor também
Amizade verdadeira
Peço liberdade
Carinhos mais de cem
Peço amor, pois sem ele
A amizade é passageira
Obrigado aos meus amigos que ainda o são
Vós sois amor
Sois carinho
Sois harmonia
Sois emoção
Sois no meu jardim a melhor flor
Sois nos passarinhos o melhor ninho
Sois a minha alegria
Aqueles que não me querem como amigo
Eu vos dou colo
Eu vos dou amizade e abrigo
Vos dou o meu solo
Todos os amigos são os meus olhos
Todos são a minha inspiração
Amigos… Tenho-os aos molhos
Gravados no meu coração

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.