Número total de visualizações de página

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Ele é doutrina


Ele é doutrina

D eus
O olho que me vigia
U m dedo me aponta
T extos, poesias, escritos meus
R azão da aprendizagem na luz do dia
I rmão da minha conta
N obre Senhor da alegria
A mor, paz que em mim desponta

E le me ensina

E levação dos céus em seu pai
S uco divino da minha rima
C oração de amor que em mim cai
O meu Mestre, meu Senhor
L etra minha, por Ele amada
A alma de poeta, por Ele pensada


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.