Número total de visualizações de página

terça-feira, 3 de abril de 2012

Ri amor


Ri amor


Ris de contente

Apagas as lágrimas caídas no chão

Teu coração bate docemente

Como cânticos do meu coração

Tuas risadas são estrelas

Que invadem os sentidos da alegria

Ri amor meu… Quero vê-las

As estrelas que brilham no céu da poesia

Ri pombinha que voa

Deambula pela manhã de nevoeiro

Voa… Pelos mares e poisa...

Poisa na minha Nau… Minha proa

Serei na tua felicidade... O poleiro

Voa e sorri…

Estás feliz amor meu

Eu sinto…

Estás feliz amor do céu

Eu não minto…

Sinto uma brisa que me diz

Que vives alegremente

Como uma flor

Ri amor…

A tua boca… A minha raiz

Embora foi a tua dor

O teu sorriso é calor

Sorri amor…


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.