Número total de visualizações de página

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Eu... Sim eu...


Eu... Sim eu...


Não interessa se me sentem

Eu sinto...

Não interessa se me mentem

Eu não minto...

Eu... Sim eu... Sinto o tempo

Sinto o mar

Sinto o vento

Eu... Sim eu... Sei amar

Fui emprestado à vida

Fui aqui deixado por um momento

Um segundo nesta roda com partida

Um estalido de dedos... Um alento

Não interessa se me ignoram

Eu não ignoro...

Não interessa se não me falam

Eu falo...

Eu... Sim eu... Sei onde moro

Nas ruas que me embalam

Eu... Sim eu... Sei quando calo

No silêncio dos gemidos

Vim ao mundo dos queridos

Amar para ser amado

Por vezes rejeitado...

Mas vim... Agora caminho por aí

Num caminho de palavras de amor

Eu... Sim eu... Aqui cresci

Fiz-me homem... Pecador

Não interessa se não me amam

Eu amo...

Não interessa se não me abraçam

Eu abraço...

Esta é a árvore da vida... Eu sou um ramo

Esta é a minha viagem... Meu espaço

Eu... Sim eu... Nada pedi

Somente me interesso porque nasci

Eu... Sim eu... Sou um segundo

Um tempo que é já ali

O fim do mundo

Eu... Sim eu...

Sou mais um vindo do céu


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.