Número total de visualizações de página

domingo, 15 de janeiro de 2012

Ele é... Eu sou...


Ele é... Eu sou...


Olhei para cima...

Tanto tempo!

No silêncio demorei o meu olhar

Quanta estima...

Que nem a brisa do vento

Me fez parar de rezar

...

Olhei sem evitar

O tempo não contava

E a brisa... Era-me familiar

Sentia que sonhava

Estava feliz

Olhava para cima e sorria

Foi assim que eu quis

Ele era a minha alegria

...

Olhava-O quase sem respirar

Queria ouvi-Lo

Queria senti-Lo

Queria-O amar

Queria que Ele soubesse

Que no meu silêncio tudo Lhe dizia

Que me enaltecesse

E me alimentasse sabedoria

...

Olhava para cima... Senti

Olhava para cima... E recebi

Luz...

Uma luz que me iluminou

Vindo da cruz

E me abraçou

...

Olhava para cima a orar

Pedi-Lhe perdão

Senti-o tocar

Senti-O em meu coração


José Alberto Sá

1 comentário:

  1. "Olhava para cima a orar

    Pedi-Lhe perdão

    Senti-o tocar

    Senti-O em meu coração"

    Linda expressão de fé e poesia!

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.