Número total de visualizações de página

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Batidas sofridas


Batidas sofridas


Sinto o bater de um coração,

traçado…

Traçado de preto

Um sentir que não prometo

Por isso não dá!

Um coração partido

Pelo traço colorido

Em tons de vermelho

Um coração de saudade,

que me põe velho

Por isso não dá!

Quando sinto meu coração,

em tons lilás

Pela ausência da tua mão

Na falta que o teu pulsar me faz

Por isso não dá!

Um coração multicolor

Coração de dor

Em mil cores transformado

Coração apaixonado

Por isso não dá!

Um coração a bater sozinho

Sem a cor da tua paleta

Sem o bater de teu carinho

Nas cores da minha caneta

Por isso não dá!

Hoje meu coração é branco

Sem cor

Hoje meu coração é franco

Sem amor

Hoje já não dá!

Só ontem bateu

Hoje já esqueceu

O bater de amanhã

Por isso não dá!

Quero somente o meu bater

Na cor do arco-íris, coração meu

Uma cor vinda do céu

O pulsar que Deus me deu


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.