Número total de visualizações de página

domingo, 27 de novembro de 2011

Uma lágrima


Uma lágrima

Não chores amor

Olha para mim

Eu sofro contigo

Se vir murchar a minha flor

Não chores coração

Que no meu jardim

Tens um abrigo

A minha mão

...

Não chores doçura

Tens o meu colo

O meu carinho

Um amor de loucura

A minha vida

O meu solo

O meu cantinho

...

Não chores paixão

Deixa meu lábio te beijar

Tuas lágrimas são cristais

Que caiem no chão

E conseguem vidrar

Meus sentimentos leais

...

Não chores

Lágrimas reais

Abraça-me e sente

Não te demores

Meu amor não mente

Amo-te demais


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.