Número total de visualizações de página

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Clarão de luz


Clarão de luz


Brilhante

Raios crivados de essência

Brancura de algodão

Apaixonante


Brilho de insistência

Que para meu coração

foi...

Apaixonante

Misterioso sentido de luz

Fixei o olhar,

em algo hipnotizador

Pequenino... Mas que reluz

Que bom sentir e amar

O brilho e seu esplendor

Na minha frente

Ali perto

Semente de amor

Aberto...

Quente...


Cheguei para agarrar

Curiosidade!

Que lindo seu brilhar

Imensa claridade

Sorri ao pegar-lhe entre os dedos

Tinha o brilho na mão

Ali... Pequenina sem medos

Uma imensidão,

de raios de luz

Naquele grão

de areia

Que me deu Jesus


Brilhava para mim

Ofereceu-me amor

Eu disse que sim


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.