Número total de visualizações de página

sábado, 8 de outubro de 2011

Sobre o teu corpo


Sobre o teu corpo


Deitado conseguindo relaxar

Deitado, sonhei contigo

Senti teu corpo ondular

Deitado no meu castigo

Castigo sensual, meu mar

Deitado sentindo teu calor

Fechar os olhos... Sonhar

Sentir o teu amor

Minha diva, meu coração

Menina perfeita, minha flor

Menina macia, minha canção

Deitado e sentindo tua malícia

Ouvindo aplausos de teu coração

Deitado ouvindo teu respirar

Tocando ao de leve, linda carícia

Nos altos e baixos do meu gostar

Menina estendida, onde me deito

Menina deitada, delícia nua

Menina onde durmo, cabeça no peito

Sonhando sem medo, os sonhos da lua

Deitado contigo, sorriso rasgado

Amor viciado és o sustento

Deitado contigo, amor adorado

Caverna desnuda, sentindo o vento

Ondulações do mar

Teu corpo desconhecido

Deitado na areia, querendo te amar

Deitado contigo me é apetecido

Deitado em teu corpo, o meu sonhar

Com medo de cair, não quero acordar

Deitado no sonho, do meu respirar

Deitado contigo... Amar... Amar


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.