Número total de visualizações de página

domingo, 30 de outubro de 2011

Preciso de ti


Preciso de ti


Na minha vontade, eu teria chegado,

muito mais além

Na minha vontade, eu teria amado

e

nunca ficaria aquém.


Palavras me transmitiram

me trespassaram

me feriram

Tive vontade de mais

Caminhar, ir até...

Tive vontades reais

Fugir, andar,

sangrar de pé.


Por ti tudo faria

Sairia do mundo,

no fogo caminharia

desceria mais fundo

Palavras não me quiseram

Ameaças me ofereceram

... Arrelias

Na vontade tudo querias

nada pedias

e me sorrias.


Um dia nada quiseste,

tudo perdeste

Não caminhei

Não andei

Não procurei

Fiquei quieto em minha metade

No silêncio

Na verdade

Na vontade

de

te querer de volta

minha revolta

minha saudade.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.