Número total de visualizações de página

domingo, 9 de outubro de 2011

Lua


Lua


Nasceu a lua

Em todas as noites, o seu brilhar

Brilho nos olhos, menina nua

A luz é sua, em noites de luar

Noite de silêncio, noite do meu ser

Suavidade do meu descansar

Em pensamentos do meu escrever

Lua diva, eu quero dançar

Acalmas minhas forças, dás-me paz

Alivias meu corpo, com teu sorriso

És espírito, magia, que feliz me faz

Clarão do meu juízo

Iluminas minha estrada

Minha lua amada

Consegues esconder o sol

És contemplada pela esperança

Consegues adormecer o girassol

És tão pura como o riso da criança

Lua que me fazes sonhar

Enfeitas e dás vida ao universo

És a companhia nas noites sem par

Nas minhas letras escritas em verso

A lua e eu, eu e a lua

Namoro da noite, quando ela nasce

Minha beleza, nua e crua

A luz e amor da minha face


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.