Número total de visualizações de página

sábado, 10 de setembro de 2011

Voar


Voar


Ó vento, tenta, que tu consegues

Abre-te em asas de amor

Peço-te que me eleves

E me deixes poisar numa flor

Ó vento que me incentivas

Que me levas em pensamento

Já fiz mil tentativas

Mas não consegui voar... Lamento

Ó vento, te estendo a mão

Sopra-me rajadas de carinho

Acelera meu coração,

que eu voarei um pouquinho

Ó vento, que me sorris

Conquistas o meu sonhar

Só não consigo... Por um triz

Ser como tu e voar

Ó vento... Queria partir

Meu coração pula... Contentamento

Sem voar, és o meu sorrir

Ó vento... Ó vento... Estou a sentir


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.