Número total de visualizações de página

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Tudo dou...


Tudo dou…


As palavras ganharam fama

a minha escrita me enriqueceu

Não foi deitado na cama

que a fama apareceu

Mãos em labuta

corpos em luta

Em letrinhas bem esculpidas

Linhas com palavras preenchidas

Em poesia minha fruta.

Palavras que faço, saídas do nada

Palavras bonitas,

algumas catitas

Da mente que vos é dada

Escrevo amavelmente

e certamente fico contente

Pelo enfeitar da minha semente

Nas cartas da minha amada

Palavras laboriosas

Letras de beleza feminina,

como lindos jardins de rosas

Palavras que ainda por cima

me dão menções honrosas

Minha escrita em poesia

Minha escrita de linda prosa

Minha paixão, minha mania

Da palavra por si vaidosa

Que escrevo todo o dia

Versos perfumados como flor

Poemas, dilemas, alguns castigos

Saudades, alegrias e amor

Tudo dou aos meus amigos


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.