Número total de visualizações de página

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Por favor...


Por favor…


Os meus olhos não vêm o mundo

Do mesmo modo que os outros

Eu exploro, vou profundo

Tenho vontade de loucos

Necessidades que aos poucos,

me fazem crescer

Aprender…

Por favor… oiçam-me, quero falar

Por favor… oiçam-me, quero explicar

A vontade de um ser

O ser…que quer amar.

O mundo é maravilhoso

Amem-no com vontade

Por favor… oiçam-me…é verdade

Não sou eu que sou vaidoso

É o mundo que é poderoso!

Por favor… deixem-me dizer,

que o tempo é passado.

O presente está a acontecer

O futuro é mesmo ao lado

Os meus olhos brilham

Ao imaginar toda a natureza

E com certeza

Todos os humanos se maravilham

Com tanta beleza

Por favor… oiçam-me, em reflexão

Sou pequeno… de pensar profundo

Mas sinto que tenho um coração

Do tamanho do mundo

Vejam o manto da natureza, de lindos folhos

Vejam como cantam os pássaros, melodia

Vejam, não sou só eu…que tenho olhos

Oiçam-me e vivam, na vossa alegria


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.