Número total de visualizações de página

domingo, 4 de setembro de 2011

Letras do meu teclado


Letras do meu teclado


Olhava o teclado e procurava

A letra “A” de amor

Do lado esquerdo, ela estava

E acompanhava o “S” do meu sabor

Teclei a saborear o “B” do doce bolo

que era o consolo,

que escrevo com “C”

Terceira letra em baixo do teclado,

por baixo do “D”.

Se o digo é porque “É”

“É” antes do “F” no abecedário

Letra antes do “G” que até faz falta,

nas Gavetas de um armário.

Olhava o teclado e no centro vi o “H”

Então decidi e escrevi-o aqui

Antes do “I”.

O “I” é esticadinho e usou a letra “J”

Para estar aqui presente, todo Janota

Eu vi o “K” antes do “L”, depois o “Ç”

com cedilha

Tinha rabinho, era armadilha

O “M” de marotice, eram tretas

Tinha três pernas, mas não podia das canetas

Porque existiam “N” de letras

alinhadas em linda fila

O “Ó” não de exclamação

Metia dó

Estava junto do “P”de palerma

E eu pus-me à perna

E com um tracinho, fiz um “Q”

Sabem porquê?

Porque o “R”, de raivoso,um pouco teimoso,

que ninguém merece.

Então, tive pena do “Q” e coloquei-o

perto do “S”,

de salvação, assim o mundo, o vê.

Olhei o “T” de teclado

Estava amuado por não ter cabeça

Por todos apupado

Que lhe gritavam a letra “U”

Era bem feito, as letras são todas precisas,

para uma boa composição

E na minha vaidade, usei um “V”

que de braços abertos, gritou de vaidoso

“Z”, era a última letra do meu teclado

“Z” de zeloso e de Zé

meu nome amado.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.