Número total de visualizações de página

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Tal e Qual


Tal e qual


Olhava fixamente

Cabelo castanho

Olhar atraente

Era do meu tamanho

Sorriu para mim

Engraçado! Eu também lhe sorri

Aceneilhe com a cabeça, disse que sim

Dei um passo, mas não corri

Estava brilhante eu o amava

E por um instante fiquei vermelho

Estava frio e deslizava

A linda figura, a minha imagem

reflectida no espelho

Era eu que me amava

Não era miragem

Era eu que me via

Era eu que me sorria

Era a mesma linguagem


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.