Número total de visualizações de página

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

A conversa


A conversa



De mãos juntas rezei

Numa conversa com Deus

Palavras que decorei

Pedidos de amor, pedidos meus

De mãos juntas apertei

Fechei medos, de tudo que pedi

Conversa a dois, quanto amei

Eu O senti, eu O vi

Conversamos noite e dia

Minhas mãos suadas, não O largavam

E para minha alegria

Suas palavras me elevavam

Meus dedos tremiam, estava feliz

Horas de conversa milagrosa

Quanta Paz nas palavras que Ele diz

Que não as consigo dizer, nesta prosa

Deus fala comigo e contigo

Eu falo com Ele orgulhoso

Deus para todos é amigo

Eu para todos sou bondoso

Gravei suas palavras no coração

Hoje desabafo a minha alegria

Escrevo para vós toda a paixão

De O ter na minha companhia

De mãos erguidas ao céu

Falo com O Senhor meu Mundo

Na certeza de que não morreu

E que nosso amor é profundo

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.