Número total de visualizações de página

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Adormecer


Adormecer


Adormeceste em meus braços

Não te quis acordar

Olhava para ti, admirando teus traços

Com vontade de te amar

Adormeceste, deixaste-me pegar

Pegar em teu rosto e adorá-lo

Olhos fechados, teu respirar...

Olhar meu desejo e devorá-lo

Dormias profundamente

As estrelas te iluminavam

Eu estava contente

O brilho dos meus olhos te clareavam

O teu sono...sonho meu

Quanta vontade de te beijar

De acariciar...corpo teu

De te acordar e nas estrelas do céu

Te amar...

Adormeceste e teus lábios sorriam

Desafiavam a minha liberdade

De cor vermelha, tudo pediam

Juntar os meus à minha vontade

Tive medo que acordasses

Não queria perder cada segundo

Sonhei acordado, que me beijasses

No amor que sentia, o maior do mundo

Adormeci contigo, meu amor

e quando acordei, estavas comigo em flor

E agora sei

Que tudo que senti, foste tu que quiseste

E tudo que desejei no teu acordar

Foi eu acordar, quando adormeceste

E adormeceste para eu sonhar


José Alberto Sá


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.