Número total de visualizações de página

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Pecado

Pecado

Não há luz no paraíso
A felicidade eterna dos pecaminosos
Pagamentos de quem não teve juízo
Erros grosseiros, impiedosos
Pecado…
Sangue vermelho, da carne rasgada
O outro lado…
Que não existe, não é nada!
Eis o pecado mortal
A fome…maçã
Eis o trono dos ricos, que afinal
São os de ontem, de hoje e amanhã
Os mesmos…no pecado
Coisas imundas que se fazem
Quando se aceita a delícia
Do corpo que arde
Na procura da malícia
Pecado…
Glória luminosa…jardim
Éden ou paraíso, já lá vai
Agulhas de pinho, pecado de mim
Sem queixume, sem um ai
Pecado de Adão e Eva
Pecado das palavras de minha mão
Pecado dos delírios, que de mim leva
E hoje pecar…porque não?
Numa trinca de maçã
Lambuzada de amor e coração
Pecado quem não o faz…
Eu?...Não!


José Alberto Sá 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.