Número total de visualizações de página

sábado, 2 de julho de 2011

Palavras que foram e não vieram

Palavras que foram e não vieram

Em vão esperei ansioso o teu correio
Levantei-me mais cedo, não dormi
Contava receber mensagem de ti
E afinal, meu amor, não veio
Não sei o que pressinto, mas receio
Que não sejas a mesma e que perdi…
Aquele grande afeto que senti
Nas lindas mensagens que às escuras
de ti leio.
Se esta paixão que trago, dentro de mim,
amarguras…
Se conhecesse alguém e se soubesse
que mensagens tuas eu espero assim.
Diria certamente que enlouquecia
Aquele que há-de amar-te até ao fim
E que por mais que queira
não te esquece.
E nem tal coisa merecia.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.