Número total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de julho de 2011

A carta...

A carta…

Naquele dia que virá
dia de luto.
Morrerei e te peço, não tenhas pena
Acredito no mundo do amanhã
Bendito fruto.

Promete…que não choras
Tens a minha poesia, linda pequena
que te acalmará a saudade em muitas horas.
Troco nesse dia o nosso mundo
Fica tranquila, fica serena
Deus é luz, amor profundo

Lá terei música e flores
A vida aqui me custa tanto!
Essências de outras cores
Numa viagem de paz, em manto branco

Vida dura…sofrer penitente
Junto do Senhor te esperarei
Lá viveremos eternamente
numa vida que não sei!
Mas verdadeira será, certamente.

Nesse dia levarei o teu sorriso,
minha flor
Nesse dia levarei a paz, do teu respirar
Nesse dia agradecerei ao senhor
me ter dado a vida para te amar.

Prometo que te espero, minha alegria
Mas…
Não chores nesse dia.

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.