Número total de visualizações de página

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Olá menina...

Olá menina

Olá menina… meu perfume, minha essência de mel
menina bonita, menina elegante.
Decotes abertos, menina que és arte
textura macia em tons de pastel
menina cheirosa, aroma ofegante
menina modelo, o meu estandarte.
Olá menina…gelado de limão
bolo de chocolate, recheado de morango
menina perfeita, do meu coração
menina poeta, em danças de tango.
Olá menina…menina flor do meu jardim
na beleza de um cravo, de letras em prosa
és papel enfeitado, de corpo ondulado, o meu jasmim
menina esbelta, para mim uma rosa.
Olá menina…poema encantado, menina formosa
de peito aveludado, de branco marfim
perfume das letras, de um apaixonado
menina que sabe, que estou a teu lado.
Olá menina…bela, semente de girassol
menina que amo, como à luz do nosso sol
amo as tuas letras, em cartas ao vento
com toque delicado, a todo o momento.
Olá menina…dos meus olhos
meu sustento, minha paz, meu amor, harmonia
menina de doces lábios, de beleza aos molhos
te amo a cada segundo, meu ar de alegria.
Olá menina de longe, do perto querer
cativas a mente, amas o coração
menina tão fofa, que também me sabe ler,
nos versos que faço.
São para ti menina, toda a minha dedicação
são para ti menina, as palavras que digo
são beijos que desejo, para ti ò pequenina
são abraços de amigo, que quero dar,
quando te digo…
Olá menina…

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.