Número total de visualizações de página

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Alma Gémea

Alma gémea

Naquele dia olhei-te e logo vi
o bater do meu coração me avisava
eras tu…aquela menina atraente!
Estavas ali…
Linda! Indiferente.
Sem dar por nada.
Minha alma gémea…amor
Meu coração acelerava, eu o sentia
a minha vontade era chamar-te
eu queria…
A verdade era mais forte que eu…amar-te
eu sabia…
Minha alma gémea…amor
Boneca de porcelana me parecia
frágil te sentia, na pele branca
uma flor…
Vontade de te tocar, sentir minha alegria
vontade tanta…
Sentir tua essência, o teu odor.
Minha alma gémea…amor
Naquele dia falei-te, tu sorriste
pedi-te e tu respondes-te que sim!
O amor existe…
de mim para ti, de ti para mim
Minha alma gémea…amor
Depressa tudo aconteceu…
Sonhamos e realizamos…acordados
és minha, és pura…eu sou teu
louco amor que existe…flor
vida linda que amamos
Minha alma gémea…amor



José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.